quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Cheira a fumo


MF, solidariedade da malta cá mais abaixo.
Aliás, com todos os que combatem ou assistem.

Não entendo como alguém é capaz de atear um fogo e ver casas a arder, pessoas desalojadas, o pânico, mortes, terras queimadas, colheitas perdidas... um sem fim de coisas más. Cheira a fumo quando acordo de manhã, cheira a fumo quando me deito e nem sequer é aqui perto.

Não é o país que temos, é a falta de pessoas com bom senso e humanidade.

1 comentário:

  1. Obrigado AM,

    Ontem foi um dia difícil o horizonte da cidade, a norte, sul, este e oeste, esteve coberto de fumo. Durante o dia foi difícil respirar, ou mesmo ver o sol. Apesar de existirem muitos meios aéreos e humanos, milhares de hectares arderam a poucos km do centro da cidade. Centenas de pessoas tiveram a vida em risco para ajudar outros, esses é que são os heróis deste país. Alguma coisa terá de ser feita para isto não se repetir nunca mais.

    Beijo

    ResponderEliminar