terça-feira, 31 de julho de 2012

A culpa é tua, Crise!

Há uns dias noticiavam que, por culpa da crise, o número de divórcios estava a diminuir. Ai a crise. Por causa dela, as pessoas não podiam deixar "o outro" pois, basicamente, não tinham como se sustentar sozinhas e, por isso, lá iam levando o casamento.

Engraçado é que, há uns tempos, noutras notícias, por culpa da crise, o número de divórcios estava a aumentar. A falta de dinheiro levava a maiores desentendimentos familiares, a crises emocionais e a rupturas. Ai a crise.

Ou seja, a put# da crise é desculpa para tudo - menos para as estradas cheias a caminho do Algarve e os Hoteis lotados.

É caso para dizer: preso por ter cão e por não ter.

domingo, 29 de julho de 2012

Jogos Olímpicos



Estão abertos os Jogos. Fica a visão de Leni Riefensthal sobre os Jogos de 1936, ano em que Jesse Owens (ver minuto 28) irritou o bigode mais famoso do mundo.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

quinta-feira, 19 de julho de 2012

O mundo está em chamas...

E a poucas horas de ir de fim-de-semana (o meu começa mais cedo desta vez) dou um olhinho pelas notícias online e constato alguns factos:

Já abriu a época dos fogos - nunca percebi esta notícia, dá-me ideias de época balnear ou época natalícia; parece que, se vem anunciado no telejornal, horas depois eles proliferam. 

A nossa moeda também está a arder.

Não faz mal, sem transplantes e sem exercício físico morremos mais cedo, não há que ter medo do euro!

O Presidente da Síria já foi de fim-de-semana, ainda mais cedo.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Todos Contam

Pela primeira vez em meses senti um certo alívio nas minhas contas mensais.

Afinal, segundo este novo simulador a minha taxa de esforço ronda os 18% o que quer dizer que, se chegamos ao fim do mês sem dinheiro, é porque gastamos demasiado em consumismo puro! Ora, sempre posso alegar que não é consumismo mas solidariedade em por a economia a crescer!

terça-feira, 10 de julho de 2012

Surpresa?! Zero!

Dizem as notícias que os rapazes em tempos partilharam o colchão (da mulher de um deles). Creio eu, no meu pequeno dicionário mental, que notícias deviam significar novidades, certo? Mas isto é novidade para quem?

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Outjazz


Sextas e Domingos, ao fim da tarde, os jardins e espaços verdes de Lisboa enchem-se de Jazz.

domingo, 8 de julho de 2012

Domingo

Nunca me entendi com Humbert, o letrado professor não facilita a sua defesa. Já Dolores não pode ser diminuída a uma questão de simples rebeldia "white trash", Haze é essencialmente uma questão de tirania adolescente. Se o leitor nunca frequentou a adolescência, nem se cruzou com a tirania, arremesse a primeira pedra. 

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Sexta-Feira




Coimbra...dificuldades em encontrar a "The New Yorker"... o tempo urge... acabo por ceder ao néon do centro comercial... nem assim!

BANIF - A força de acreditar

Banif - Despedimentos

Foi a minha primeira casa à séria. Trabalhei, fui assaltada de pistola, fiquei efectiva, despedi-me. Isto nos tempos que um grande Homem de negócios era vivo. Quando ele "saiu", eu saí também, por opção - a banca não era a área que me realizava (e ainda hoje não sei qual é...adiante).

Não posso deixar de ficar triste pela situação que esta instituição atravessa. Foi a minha casa, fui bem tratada, reconhecida, sempre estive em boas equipas e conheci muito boa gente. Mas, infelizmente, o poder, a falta de competência, a crise e a perda inesperada do Visionário leva a certas infelicidades (nalguns casos injustiças). Creio que conhecerei alguns dos que vão partir (ao fim ao cabo durante uma parte do tempo que lá trabalhei fui participante responsável na abertura de mais de uma dezena de agências). Só desejo que eles não sejam mais um número no desemprego.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Medo!

ISTO SIM DE METER MEDO

Real ou SUrreal!? E se pega moda? Ai credo! Só assim o senhor PM e respectivos saíram da boca do mundo.

O que se escreve II

E já agora, a propósito disto (económico), era uma boa notícia não fosse o "bom" sempre coisa a duvidar.

Ai, o peso da preguiça é brutal para o Estado e para nós!

O que se escreve


A propósito desta (CM) notícia e desta (público) notícia....

Estou farta de "notícias", é sempre a mesma conversa, sempre meias verdades ou sempre textos para inflamar o pessoal.

Em relação aos vencimentos, então mas nós todos não ganhamos à volta disto? Qual é o espanto? Meus amigos, já trabalhei por isso e muito menos e ninguém fez notícia TVI.
Em relação à outra...Por amor da santa, quantos de nós não tivemos trinta mil equivalências? Olhem, a mim deram-me equivalência a todas as cadeiras para o Mestrado que estava longe de ser da minha área só porque tinha estudado mais anos do que o Bolonha. Não se façam de ofendidos e desconhecedores do ensino...

Ponham antes os olhos nisto (RTP), sempre vale mais.

terça-feira, 3 de julho de 2012

Disse flanela?


Entro numa superfície comercial, das que vendem livros como quem vende compotas, dou uma volta pelos corredores semi-cheios, centenas de títulos, autores da moda em abundância, não encontro  o que procuro. Dirijo-me ao balcão, sou atendido por uma jovem simpática com pele de porcelana:

- Boa tarde
-Boa tarde, posso ajudar?
- Sim, procuro: "Um Bom Homem é Difícil de Encontrar", da Cavalo de Ferro. 
- Quem é o autor?
- Flannery O' Conner. Autora neste caso. 
- Flanela Conner? Nunca ouvi falar. Quer dizer ...flanela conheço... nos anos 90 esteve na moda , viva o Cobain (sorriso envergonhado)!

Caro leitor... não fosse a presença de diversos seguranças, conjugada com falta de tempo...

PS: América profunda, condição humana, conflitos sociais, religião, de tudo isto nos fala Flannery. Ler é obrigatório. 


domingo, 1 de julho de 2012

Correr está na Moda.

Sejam mini's, meias ou ultras, na estrada ou em terreno mais acidentado, de noite ou de dia, correr está na moda, e ainda bem! É só avaliar por este site  - CARLOS FONSECA - e perceber que neste cantinho do mundo há muito espaço para a corrida. É um desporto barato, que se faz em qualquer lado, cada um ao seu ritmo e com o seu objectivo pessoal, mas também se pode fazer a dois numa amena cavaqueira e, ainda, em grupos organizados e equipas!

E porque hoje é Domingo, que tal uma corridinha? Eu já aderi a esta moda e, dia 7 de Julho, é ver-me em Odivelas na 11ª Légua.