segunda-feira, 30 de abril de 2012

Homenagem

Pelo Homem Político que foi...

Pelo sofrimento, admiração e respeito pela família...

Pela compaixão por aquela mãe que perdeu um filho...

domingo, 29 de abril de 2012

As pérolas dos jornalistas.

Se já estou habituada aos erros da imprensa escrita, ao ponto de nem perceber o significado que se pretendia da frase, também os nossos telejornais começam a pôr em causa a minha inteligência ou a minha instrução primária.

Jornalista A pergunta - Sim ou Não? (o conteúdo da conversa não interessa, o importante é a pergunta em si)
Jornalista B responde - De facto, talvez. (WTF??!!! Nos meus tempos de escola de facto era uma certeza e, talvez, não responde ao que A perguntou a B).



.... Assim se escreve em bom português.

Domingo



Lykke Li nas suas músicas apresenta uma mistura de indie rock, pop e electropop. Tudo numa embalagem pequena e sueca o que desde logo garante alguma qualidade.

Ps: Comprem os álbuns dela, a moça precisa de sapatos novos. 

sábado, 28 de abril de 2012

Loja do Cidadão

Hoje (Sábado), 9h15 min, já longa ia a fila para as Finanças, na Loja do Cidadão. Atrás de  mim, duas mulheres de meia-idade falam de uma terceira que está ausente. Durante os 45 minutos de espera, as referidas vizinhas de fila, revolveram e resolveram a vida da terceira. A saber: Enumeram as traições conjugais; avançam para o divórcio, afinal de contas o marido gasta todo o dinheiro na "noite"; resolvem a questão das partilhas, da pensão, da casa, do carro e canários. Entretanto sou atendido, os meus ouvidos agradecem, para ser informado que terei de me deslocar a outra repartição porque ali não poderia resolver o problema. Trinta e oito anos de estado democrático e um "Simplex" depois, o  estado continua pesado, ineficiente e caro. Os restos da tradição anti-liberal continuam visíveis em qualquer repartição. Moral da história: Se o estado seguisse a iniciativa privada (vizinhas de fila), seria muito mais eficiente para contentamento de alguns e conhecimento de todos. 

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Momento Titanic


Corre o ano de 1963, Francis Scott Fitzgerald publica "The Crack-Up" na Esquire. Artigo composto por três partes nas quais relata o seu  processo de esgotamento pessoal, o ponto de não retorno em que o autor percebe a inevitabilidade do fracasso. Muitos de nós teremos o nosso "momento Titanic", no qual vemos a vida a afundar. No entanto, poucos de nós o conseguiremos relatar com a lucidez de Fitzgerald. Aqui fica o texto

quinta-feira, 26 de abril de 2012

O dia depois de ontem

Ontem lembrei-me disto! E mais não digo, apenas que gosto de feriados para descansar mas não para os festejar.

A causa das coisas




This Be The Verse

"They fuck you up, your mum and dad.
They may not mean to, but they do.
They fill you with the faults they had
And add some extra, just for you.

But they were fucked up in their turn
By fools in old-style hats and coats,
Who half the time were soppy-stern
And half at one another's throats.

Man hands on misery to man.
It deepens like a coastal shelf.
Get out as early as you can,
And don't have any kids yourself."

Poupem na psicoterapia, ler Philip Larkin é a solução

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Salazar em cada esquina


-"Isto só lá vai com uma Ana Salazar em cada esquina!"
Afirmava o fascista da moda, enquanto folheava a última edição da Vogue.

25 do A

Salazar morreu antes de eu nascer. 1974 terminou ainda eu não estava a ser projectado. Sá Carneiro morreu antes da minha mãe me carregar no ventre. A liberdade é como o ar que respiro, seria difícil viver sem ela por isso respeito quem a conquistou. Mas perdoem-me se acho que a transmissão televisiva das comemorações do 25 de Abril está num nível intermédio entre o natal dos hospitais e o festival da canção. Muito bom para entreter velhotas mas sem o Tony Carreira, claro.

25 de Abril



A Associação 25 de Abril e Mário Soares não apreciam este post, porque não reflete o regime democrático herdeiro da revolução.

domingo, 22 de abril de 2012

Periférica


Em tempos (2002-2006), de Vila Pouca de Aguiar, saía a Revista Periférica. Uma revista cultural, inovadora, urbana, com atitude, alternativa à dominante cultura "pimba", de escrita limpa, temas abrangentes e aspecto cuidado. Por lá não existiam complexos de interioridade ou inferioridade. Era transmontana mas podia ser nova-iorquina, ninguém daria por isso. Qualquer cidade para se afirmar necessita de jornais e/ou revistas fortes. Os média locais ponham os olhos neste exemplo, isto é, se sobrou algum exemplar. 

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Peço Perdão

Notícias do Vaticano

Mas...hum... somos ou não somos um Estado laico? "Ataques"? "Deitar fora"? Meu caro, são precisos feriados para se comemorar a fé? ...

terça-feira, 17 de abril de 2012

Da felicidade


"-Do you feel you could have had a much happier life?"
"-Not without beeing someone helse."

[Excerto de entrevista a Philip Larkin em 1979]

domingo, 15 de abril de 2012

Da falta de convicção da elite




" The Second Coming
Turning and turning in the widening gyre
The falcon cannot hear the falconer;
Things fall apart; the centre cannot hold;
Mere anarchy is loosed upon the world,
The blood-dimmed tide is loosed, and everywhere
The ceremony of innocence is drowned;
The best lack all conviction, while the worst
Are full of passionate intensity."



W.B. Yeats

sábado, 14 de abril de 2012

Como ler o Expresso

 De acordo com Prado Coelho(1944-2007), a melhor maneira de aceder ao que vale a pena ler do  "saco do lixo" seria esta: manter o jornal dobrado dentro do saco, com a dobra para cima, e puxar com vigor de modo a que apenas se retire o essencial, perdendo o acessório. No meu caso, raramente resulta. Invariavelmente, acabo com papéis espalhados no chão. Aqui fica a prova que trabalhos manuais não são o meu forte.  

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Nós por cá!

Quando leio notícias destas por vezes penso: "Ufa, afinal o meu País não é do 3º Mundo"...

Nem consigo imaginar semelhante situação - talvez por a minha filha fazer amanhã 1 ano e assusta-me pensar que podia acontecer por aqui algo do género.

Bom, a MAC está safa de situações assim ....

sexta-feira, 6 de abril de 2012